Portaria de Inquérito Civil PRM Luziânia-GO nº 36, de 15 de fevereiro de 2016

Mostrar registro simples

dc.contributor.author PRGO - Procuradoria da República em Goiás pt_BR
dc.date.accessioned 2016-02-25T20:15:17Z
dc.date.available 2016-02-25T20:15:17Z
dc.date.created 2016-02-15
dc.date.issued 2016-02-17
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/11549/80061
dc.description.abstract Instaura Inquérito Civil para apurar a possível prática de ato de improbidade administrativa por ex-prefeito do município goiano de Cidade Ocidental, na gestão 2009/2012, em razão de sua omissão quanto ao dever de prestar contas do convênio firmado entre o Município e a Secretaria Especial de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (SEPPIR). pt_BR
dc.publisher DMPF-e, Brasília, DF, 17 fev. 2016. Caderno Extrajudicial, p. 45. pt_BR
dc.subject Improbidade administrativa pt_BR
dc.subject.other Convênio pt_BR
dc.subject.other Prestação de contas pt_BR
dc.subject.other Ato omisso pt_BR
dc.subject.other Contas irregulares pt_BR
dc.title Portaria de Inquérito Civil PRM Luziânia-GO nº 36, de 15 de fevereiro de 2016 pt_BR
dc.type Portaria de Inquérito Civil pt_BR
dc.description.version Não consta revogacao expressa pt_BR
dc.description.number 36 pt_BR
dc.contributor.sector PRGO/PRM-LUZIÂNIA - Procuradoria da República no Município de Luziânia pt_BR
dc.contributor.signature Fernando Túlio da Silva pt_BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta